top of page
  • Foto do escritorEdison Junior

Empréstimo Auxílio Brasil: entenda como ele pode funcionar?

O empréstimo Auxílio Brasil tem sido bastante aguardado pelos beneficiários do programa, mas ainda não saiu do papel de fato e continua em discussão. Você sabe como ele pode funcionar e quais as possibilidades de ser aprovado no País?


Para começar, o empréstimo Auxílio Brasil é considerado um empréstimo consignado. Ou seja, a proposta seria permitir ao beneficiário pegar emprestado um determinado valor e pagá-lo de volta ao governo na forma de descontos na folha de pagamento do benefício.


Dessa forma, o risco de inadimplência ou endividamento não existiria. Nem a necessidade das instituições realizarem avaliação de risco como normalmente é feito em caso de empréstimo.


Algumas regras ainda estão sendo estabelecidas, mas o Ministério da Cidadania já disse que a modalidade de empréstimo deve sair. Para não perder a validade, a medida provisória que libera o projeto (MP 1106/22) deve ser aprovada até 15 de julho.


Empréstimo do Auxílio Brasil pode ser até 40% do valor do benefícioCrédito


Empréstimo Auxílio Brasil poderia comprometer até 40% do benefício

O projeto do empréstimo Auxílio Brasil tem como foco as pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O valor a ser emprestado deve comprometer até 40% do recebido. Ou seja, o valor é 5% maior do que era permitido anteriormente. Desta forma, quem recebe R$ 400 de Auxilio Brasil poderia pegar emprestado até R$ 160. A quantia poderia ser paga em até 48 meses, com juros ao redor de 2%.


No final de junho, começaram as discussões no Congresso relacionadas a um possível aumento temporário no valor do Auxílio Brasil. Ele passaria de R$ 400 para R$ 600. Esse valor seria pago a partir da aprovação até o final de 2022. Porém, como se trataria de um complemento adicional ao benefício, esse valor não mudaria o limite referente ao empréstimo, que continuaria ao redor de R$ 160 para quem recebe R$ 400.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page